advogado empreendedor

Advogar também é empreender, afinal, o profissional do direito se lança em um competitivo mercado e, nele, deve encontrar maneiras de se destacar e fazer seu nome. Só assim é possível permanecer relevante — e prospectar cada vez mais clientes.

Algumas características e hábitos são comuns a todos os operadores do direito conhecidos, e podem ser adotados no seu dia a dia. Atitudes planejadas, pesquisa e uma boa dose de perseverança podem ajudar a crescer na carreira.

Veja as 4 dicas que separamos para você e prepare-se para ser um advogado empreendedor de sucesso!

1. Mantenha uma postura de constante aprendizado e senso crítico

É importante estar atento — especialmente na administração de escritórios — ao surgimento de novas tendências e movimentos jurídicos.

Leis e modos de cooptar clientes estão sempre se aprimorando e em constante atualização. Quem assume uma postura arrogante e não está interessado em aprender, fica para trás.

O senso crítico é outra importante ferramenta para produzir um empreendedorismo eficaz. É a partir dele que o advogado pode avaliar o que funciona ou não para seu modelo de negócio, aprimorando estratégias e definindo objetivos.

Analisar dados concretos é sempre uma boa solução para entender se seu escritório está ou não saudável! 

2. Saiba delegar tarefas

Para crescer, será necessário escolher profissionais com pontos fortes e que saibam trabalhar em equipe. O time deverá prezar por maneiras de fazer fluir ideias e manter sempre o canal de comunicação aberto — para que ela ocorra de maneira simples e clara.

Além disso, tenha em mente que você não pode (nem precisa) fazer todo o trabalho sozinho: será necessário aproveitar o talento de cada um dos colaboradores e delegar tarefas de forma estratégica.

Uma das premissas mais importantes seguidas por advogados empreendedores de sucesso é confiar os afazeres cotidianos de acordo com as competências de cada funcionário. Fique atento! 

3. Saiba administrar e ser estratégico

É essencial que a organização siga meticulosamente seus planos a fim de atingir os objetivos de sua criação. O empreendedor, assim, além de advogar, deve saber como administrar o negócio, ter visão de futuro e agir estrategicamente.

Ser advogado empreendedor é também abraçar o seu papel de gestor. Pense em toda a estrutura do escritório, conheça os fluxos de caixa e de processos e busque sempre identificar locais em que a logística se apresente falha ou possa ser melhorada.

4. Tenha atitude e inteligência comportamental

Colocar os planos em ação é a atitude principal de todo advogado empreendedor. Não basta analisar gráficos, elaborar relatórios e ter cautela: é necessário que ele tenha atitude e busque sempre inovar em sua categoria.

Percebeu um furo na sua cadeia de serviços? Repare assim que puder. Encontrou uma forma mais atrativa de oferecer seus serviços? Teste e aos poucos faça com que atinja todos os possíveis clientes.

Mantenha-se perseverante e não se esqueça de trabalhar sua inteligência comportamental para acompanhar as suas ações!

E agora, já se sente pronto para adotar nossas dicas e ser um advogado empreendedor de sucesso? Compartilhe este texto em suas redes sociais e permita que seus colegas também entendam melhor sobre o assunto!

Oficial da união.

Leia Também

Deixe seu comentário