Conta jurídica: quais as reais vantagens para a empresa?

4 minutos para ler

A conta jurídica representa algumas vantagens às empresas. Confira quais são e veja como publicar em Diários Oficiais, como o DOE SC (Diário Oficial de Santa Catarina). 

A conta pessoa jurídica, ou conta PJ, é muito importante para os mais diversos setores de empresas e representa vantagens que os empresários devem levar em consideração ao abrir um negócio. Acompanhe.

Leia também: Registro de marca: as 7 principais dúvidas 

Conta PJ: o que é?

A conta PJ, como o próprio nome sugere, é uma conta bancária específica para empresas. No caso, para abrir uma conta PJ, o empresário utiliza o CNPJ da empresa, e não o CPF pessoal. À primeira vista, pode não parecer um elemento tão importante, mas, na prática, faz toda a diferença ter uma conta apenas para assuntos empresariais.

Nesse sentido, por meio da conta PJ, a empresa organiza impostos, encargos e tem um maior controle sobre as receitas. 

Por que deve existir conta PJ na empresa?

Há várias razões pelas quais a empresa deve ter sua própria conta PJ. Por meio dela, o empresário tem maior clareza sobre a receita da empresa, uma vez que o dinheiro advindo do negócio não se funde ao patrimônio pessoal.

Para além da questão organizativa, a conta PJ evita dores de cabeça na hora de declarar e prestar contas ao governo, sabendo quais são as despesas empresariais, sem confundir com as despesas de pessoa física. 

As vantagens da conta PJ

São vários os benefícios de abrir uma conta PJ para a empresa. São os principais: 

  • Mitiga confusões na hora de declarar o Imposto de Renda, já que a facilidade de encontrar as origens de pagamentos é bem maior;
  • Mais facilidade para organizar as finanças da empresa, tendo clareza sobre lucros, prejuízos e margem de lucro;
  • Existência de créditos pré-aprovados, o que facilita a negociação com fornecedores acerca dos prazos e preços;
  • Linhas de crédito diferenciadas, que podem ser compatíveis às necessidades da empresa;
  • Mais criteriosidade para a gestão do fluxo de caixa.

Os riscos de não ter uma conta PJ

É comum encontrar pequenas empresas que fundem seus faturamentos às receitas pessoais do empreendedor. Isso pode trazer diversos riscos, principalmente em negócios com sócios.

Uma empresa com dois sócios, por exemplo, em que um utiliza a conta da empresa para realizar pagamentos sociais, pode ter todas as finanças desorganizadas, criando atrito entre as partes e podendo, inclusive, ter que enfrentar ações judiciais. 

MEI x conta PJ: o microempreendedor individual precisa ter conta jurídica?

O MEI é uma modalidade diferenciada. Trata-se de um tipo de empresa que pode ser aberta pela internet em questão de minutos. O detentor da conta recebe um CNPJ e pode, inclusive, utilizar uma conta-corrente pessoa física. Mas isso não é recomendável.

A Receita Federal orienta aos empresários a terem uma conta PJ para separar o patrimônio pessoal do empresarial, e isso porque o contribuinte que optar por uma conta PF pode cair na malha fina, uma vez que a Receita considera o MEI um tipo de empresa. 

Diário Oficial da Guarulhos

Empresários podem realizar as publicações em Diários Oficiais, como o DOE SC, pela internet

Para o empresário é muito importante ter uma conta PJ, assim como realizar publicações em Diários Oficiais, como o DOE SC (Diário Oficial de Santa Catarina), de acordo com a obrigatoriedade ou necessidade de comunicar algo em jornal de grande circulação nacional.

Hoje, o empresário pode realizar as publicações em Diários Oficiais pela internet com auxílio do Diário Oficial-e, uma empresa de especialistas no assunto, que recebe o material e viabiliza a publicação de forma ágil, prática e sem erros.

Não se preocupe mais com as publicações no Diário Oficial da União, conte com o Diário Oficial-e.

Você também pode gostar

Deixe um comentário