Para controlar o orçamento, é indispensável envolver todos da casa. A educação financeira familiar gera, além de economia, ainda outro benefício: o engajamento de cada um em prol do bem comum. Então, adotar ações e traçar estratégias capazes de incluir cada membro da família na busca pelo equilíbrio das contas do lar é muito valioso.

Prossiga com a leitura e aprenda como unir a família e organizar o orçamento da casa!

Compartilhe a estimativa de despesas do lar

O primeiro passo para dar um rumo à educação financeira familiar é informar a todos sobre os custos cotidianos. Compartilhe com sua família o orçamento da casa: converse sobre as despesas relacionadas à moradia, alimentação, saúde, transporte, educação e outras que impactam a vida de todos.

Assim, você permitirá que cada um fique ciente do quanto custa manter a infraestrutura doméstica.

Conscientize cada um sobre como participar das despesas 

Um jeito de fazer economia e organizar de vez o orçamento é conscientizar os familiares sobre como participar na composição das despesas. Uma boa maneira de fazer isso é dividir o valor das contas fixas, como água, luz e telefone, pelo número de moradores da casa.

O resultado será a despesa per capita: mostre qual é hoje, e dê a cada pessoa uma meta de redução. Por exemplo: se essa despesa ficou em R$ 50 por familiar, pode-se combinar uma redução de 20%. Uma meta assim é fácil de visualizar e de alcançar. E, atingida, resultará em uma boa economia!

Outra dica, aqui, fica por conta de criar regras para utilização dos recursos do lar:

  • Fixe um tempo máximo no chuveiro;
  • Encarregue alguém da família de fiscalizar ocorrências de lâmpadas e aparelhos elétricos desnecessariamente ligados;
  • Estabeleça um limite por pessoa para o uso da telefonia fixa.

Divida as despesas com os familiares que têm renda

Nada mais justo que o familiar com renda contribua para o orçamento doméstico. Assim, se em sua casa além de você há mais moradores capazes de assumir despesas, atribua a eles parte dos gastos mensais.

Com dinheiro a mais entrando, será possível investir em uma aplicação financeira, no plano de saúde familiar, no seguro da casa ou em algum outro item que contribua para aumentar a qualidade da vida de todos.

Evidencie que o dinheiro economizado reverterá em benefícios a todos

Um fator fundamental para engajar a família na organização do orçamento doméstico é mostrar a ela as vantagens de se economizar. Um jeito bem direto de fazer isso é projetando o que dá para fazer com o dinheiro que sobrar da redução de gastos.

Mostre como os recursos economizados poderão reverter em benefícios, como os citados no item anterior. E, ainda em outros, como a tranquilidade de ter as contas em dia, poder fazer aquela viagem há tempos planejada, trocar de carro, e assim por diante.

Engaje as crianças na economia doméstica

Ensinar as crianças a economizar faz parte de educá-las para a vida. Portanto, de acordo com a idade de cada uma, vá passando os conceitos básicos de economia. As oportunidades de ensino são muitas e estão por toda parte. Aproveite-as:

  1. Antes de sair às compras: peça que a criança auxilie a elaborar a lista do que será comprado. Ouça suas sugestões, e, nessa hora, aproveite para instruí-la sobre necessário e supérfluo.
  2. Nas compras: ensine que planejamento existe para ser seguido, e que se ela quer algo não programado, terá que esperar o momento certo de ter.
  3. Em casa: faça-a entender que deve cuidar das próprias coisas, pois desperdiçar água, luz, alimentos e material escolar — por exemplo —, é a mesma coisa que jogar dinheiro fora. Dinheiro esse que poderá faltar para outras coisas muito importantes, como a festinha de aniversário pela qual ela anseia o ano inteiro.

Essas condutas acima elencadas ajudarão a implantar a educação financeira familiar em sua casa. Claro que toda novidade leva um tempo para se consolidar em hábito. Mas, quando isso acontecer, você colherá os frutos: um orçamento equilibrado e mais sossego para aproveitar a vida.

Gostou das nossas dicas? Compartilhe-as nas redes sociais!

Leia Também

Deixe seu comentário