Diário Oficial da União

É importante saber as diferenças entre cupom, nota fiscal e recibo de pagamento. Acompanhe aqui as principais características de cada documento e veja também como publicar no Diário Oficial da União.

Acompanhe aqui o que difere cupom, nota fiscal e recebido de pagamento, assim como os detalhes em que se assemelham:

O que é Cupom

O cupom fiscal é um documento emitido pela caixa registradora. Nesse documento, constam algumas informações, como o local, a data e o horário em que efetuou a compra, assim como os itens e o valor dos produtos adquiridos.

No cupom ainda vem constado a forma de pagamento, o desconto (se houver) e o troco que recebeu.

O que é Nota Fiscal

Esse é o documento emitido pelo sistema de gestão de uma empresa e é nele que constam discriminados os dados da empresa, do cliente e da transportadora (nos casos que se apliquem).

Nesse documento há também uma descrição detalhada dos itens e da compra.

Nota Fiscal Eletrônica: Entenda a lei que regulamenta as transações clicando aqui.

O que é Recibo de Pagamento

O recibo de pagamento fora projetado para provar que o pagamento foi, de fato, executado. Ele pode ser fornecido aos clientes que contrataram um determinado serviço, mas tal documento apenas serve como uma comprovação de que foi pago (como o próprio nome sugere).

Os recibos não podem ser considerados parte da apuração de imposto recolhido pelo Estado ou Município, uma vez que não comprova que o prestador de serviços necessita recolher o imposto que gerou por seu trabalho.

Os documentos, aqui, são emitidos por profissionais liberais e, portanto, possuem como finalidade comprovar o recebimento de certo valor.

Deverá ser emitido em duas vias e, além das informações do prestador de serviços, deverá também constar uma descrição dos serviços, o valor que fora cobrado, a data de emissão do recibo e também precisará ter uma numeração própria.

Veja aqui para que o recibo de pagamento é importante.

·         Cupom Fiscal e Nota Fiscal: Similaridades e principais diferenças

São obrigatórios sempre que se efetua um ato de compra de um produto ou serviço.

Com relação ao reconhecimento fiscal, ambos possuem a mesma funcionalidade. A principal diferença está na garantia do produto: A garantia deve contar com os dados completos do consumidor, que só são emitidos na nota fiscal.

No caso de interesse por troca, também poderá exigir-se a nota fiscal, de forma que a empresa será obrigada a efetuar a troca do produto ou acionar a garantia somente mediante apresentação da nota fiscal, e não do cupom fiscal (não possui efeito válido).

·         Recibo de Pagamento e Nota Fiscal: Similaridades e principais diferenças

Usa-se o recibo de pagamento a fim de controlar financeiramente a profissão liberal. Nos recibos constam dados que permitem aos profissionais liberais prestar todas as informações ao fisco, evitando problemas com falhas fiscais.

A nota fiscal é usada para o registro de venda de uma mercadoria, que passa a ser propriedade do comprador. Por esse mesmo motivo, a nota fiscal deverá ser preenchida com todos os dados do consumidor.

Realize publicações no Diário Oficial da União através de agência de publicidade legal

Através do Diário Oficial –e, agência de publicidade legal, é possível realizar publicações de diversos materiais no Diário Oficial da União.

Para saber como publicar no Diário Oficial da União, navegue pelo site.

Leia Também

Deixe seu comentário