Planejamento tributário na prática: por onde começar?

DOE RS
3 minutos para ler

Muitas dúvidas surgem quando o assunto é o dia a dia de uma empresa, por exemplo, como realizar uma publicação legal em algum Diário Oficial dos estados, como no DOE RS, dos municípios ou da União. Outro ponto de dúvida, que deve ser entendido, é sobre o planejamento tributário.

Antes de mais nada, é importante entender que o planejamento tributário nada mais é do que estratégias legais que podem ser adotadas e que têm como objetivo diminuir, adiar ou eliminar os pagamentos de tributos de determinado empreendimento. 

Assim, quando se segue pelo caminho com menos encargos para cumprir as metas fiscais, mais lucros são gerados para a empresa. Mas as questões são: quais são eles e como fazer?

Tipos de planejamento tributário

 

Operacional

É realizado para períodos de três a seis meses. Nele estão relacionadas as responsabilidades de todos os envolvidos no planejamento para alcançar os objetivos. 

Estratégico

Esse tipo de planejamento tem como característica pensar nos benefícios para a empresa a longo prazo, sendo realizado em um período de cinco a dez anos. É preciso realizar revisões constantes para a sua atualização. 

Tático

É elaborado, em média, para o prazo de um a três anos. É feito pensando nas áreas e departamentos do empreendimento. É como se fosse uma redução do aspecto global (pensado no estratégico) para que seja posto em prática em cada setor da empresa. 

DOE RS

Como realizar o planejamento tributário?

Pensando nas demandas de uma empresa, como publicações em Diários Oficiais (no DOE RS, por exemplo), é necessário saber realizar bem o planejamento tributário. Pensando nisso, separamos um passo a passo de como deve ser feito.

1 – Levantamento de dados

Pensar em quais serão todas as etapas e em o que pode variar em relação às atividades econômicas do empreendimento.

2 – Previsão de faturamento 

A empresa só consegue se enquadrar em um regime de tributação correto a partir da previsão do seu faturamento.

3 – Previsão de despesas operacionais

As despesas operacionais caracterizam-se por serem todas aquelas que têm relação com as atividades ligadas à administração da empresa e à sua venda de produtos e serviços. É necessário apontar as diferenças entre esse tipo de despesa e outras, já que o planejamento tributário leva em consideração também os gastos futuros.

4 – Margem de lucro

Da mesma forma, é necessário prever quanto a empresa irá ganhar.

5 – Valor da despesa com funcionários

Esse tipo de despesa também é incluída no rol de despesas contábeis. 

6 – Simulação de cenários

Aqui serão analisadas as vantagens e desvantagens ao escolher um tipo de tributação buscando sempre opções que ocasionam menos despesas para o empreendimento. É importante prever um cenário bom e também um ruim para a empresa.

Contudo, após todos os dados levantados e em conjunto com alguém responsável pela contabilidade, é necessário colocá-los na balança junto com os tipos de regime tributário e ver qual é o ideal para a empresa em questão. Além disso, outros pontos que também fazem parte da vida da empresa, como publicações no DOE RS, devem ser levados em consideração. 

Leia também outros conteúdos no portal do Diário Oficial-e: como formatar um documento para publicar no Diário Oficial

Você também pode gostar

Deixe um comentário