Powered by Rock Convert

O estágio é uma chance aos estudantes de direito que buscam por oportunidades para adquirir experiência profissional e, assim, consegui um espaço no mercado mais rapidamente. Contudo, um grande desafio é conciliar estudos e estágio, já que um não pode prejudicar o outro em hipótese alguma.

Entre os principais problemas está o gerenciamento ineficaz das atividades. No entanto, existem algumas estratégias que podem ser utilizadas para facilitar esse processo de conciliação.

Pensando nisso, elaboramos este texto com algumas dicas que lhe ajudarão a lidar com essa rotina de estudos e estágio. Confira!

1. Faça um planejamento

É importante fazer o tempo render para conseguir executar todas as atividades sem estresse. Por isso, é interessante contar com o auxílio de um cronograma de compromissos ou uma agenda. Anote seus horários de aula, estágio, tarefas que precisa entregar etc.

Realize esse planejamento com no mínimo uma semana de antecedência; dessa forma, se acontecer algum imprevisto, será possível reorganizar o tempo.

2. Defina suas prioridades

Separe seus afazeres por grau de importância. Assim, é possível estabelecer quais são as atividades mais urgentes, as essenciais e as secundárias. Classificar as tarefas rotineiras ajuda a melhorar a fluidez do seu dia e não deixar nada para depois ou pela metade.

Claro que isso pode mudar de acordo com o passar dos dias; então, reserve sempre alguns minutos para rever a lista e reorganizá-la se for preciso.

3. Realize um plano de estudos

Um dos grandes medos dos estudantes é prejudicar seus estudos ao conseguir um estágio. Por este motivo, ter um planejamento é primordial. Assim, é possível organizar e melhorar o tempo reservado para a faculdade.

A primeira dica é focar nas aulas. Quando mais absorver da matéria aplicada em sala de aula, menos deverá revisar em casa. Então, tenha dedicação e aproveite para esclarecer todas as dúvidas com os professores.

Evite acumular matéria e separe um tempo para estudar a disciplina com a qual tem mais dificuldade. Uma alternativa é revisar algumas matérias. Outra coisa, nunca deixe para estudar nas vésperas das provas.

4. Mantenha as atividades em dia

A procrastinação é um grande vilão do estudante e estagiário. Por isso, é importante não deixar tarefas para a última hora ou desorganizar o cronograma definido. Se protelar as tarefas para o dia seguinte, elas acumularão.

Manter seu cronograma em dia possibilitará que tenha tempo para executar as atividades e, dessa forma, conseguirá cumprir o prazo de entrega com qualidade. Quando mais se adiantar, mais tempo terá para se organizar.

5. Tire um tempo para descansar

Não se cobre tanto; afinal, a dupla jornada de estudos e estágio pode ocasionar o cansaço. Tire um fim de semana para você; tenha uma boa noite de sono; se alimente bem,; saia com a família e amigos, entre outros lazeres. Além disso, não se desespere caso não consiga cumprir o prazo de todas as suas tarefas.

6. Busque por estágio no momento certo

Procure por um estágio na hora em que você se sentir mais seguro e confiante sobre o seu curso de formação e o seu dia a dia. Se estiver passando por um momento difícil de adaptação na faculdade, espere esse instante passar; caso contrário, seu estágio poderá não ser uma experiência proveitosa.

Uma dica é propor um contrato de seis meses e, caso não se adapte ao serviço, poder encerrá-lo sem nenhum problema. Caso goste da experiência, converse com seu superior para continuar; se tiver realizando um bom trabalho, certamente ele não se oporá.

Agora que você sabe como conciliar estudos e estágio, não espere mais para colocar essas dicas em prática e tornar sua vida mais fácil. Além disso, ser um advogado 4.0 faz toda a diferença, tendo em vista que utilizar a tecnologia como aliada para aperfeiçoar sua atuação é essencial para se destacar em um mercado tão concorrido.

Gostou deste conteúdo? Aproveite para ler “Advogado 4.0: a transformação digital no universo jurídico” e saiba mais sobre o assunto!

Veja mais: Universo Jurídico | O que é paralegal | Diário Oficial da União

Leia Também

Deixe seu comentário