Conheça todos os tipos de notas fiscais que existem atualmente

DOU
4 minutos para ler

As notas ficais são uma das obrigações que uma empresa precisa cumprir. Saiba quais são os principais tipos de notas fiscais e como realizar publicação no DOU pela internet. 

Os documentos servem para mostrar ao Governo Federal todas as mercadorias que entraram ou saíram, além dos montantes que foram movimentados e impostos que foram ou ainda serão recolhidos. 

Saiba mais: NFA- e, entenda o que é Nota Fiscal Avulsa

Tipos de notas fiscais que existem atualmente

Notas fiscais de entrada

  • Nota fiscal de devolução de venda: para produtos devolvidos por pessoa física;
  • Nota fiscal de compra: para toda mercadoria comprada e processada por pessoa física; bens comprados no exterior e de concorrência pública (leilão); quando a compradora se responsabiliza pela retirada e transporte do produto;
  • Nota fiscal de retorno: produtos que irão retornar à sede (sendo usados apenas para exposição). 

Tipos de notas fiscais de saída

  • Nota fiscal de venda consignada: trata-se de uma nota fiscal emitida quando é preciso enviar um produto para um terceiro e realizar a distribuição desse produto;
  • Nota fiscal de venda: é a nota fiscal emitida durante uma transação de aquisição de produto por empresa ou pessoa física;
  • Nota fiscal para venda futura: o fornecedor do produto realiza a emissão de nota fiscal quando efetiva uma venda, porém a entrega está agendada para data posterior, de acordo com a solicitação do comprador, independentemente da razão;
  • Nota fiscal de remessa: quando a empresa precisar transportar materiais de um lugar para o outro, como um transporte de produto entre filiais, deverá imprimir nota fiscal para acompanhar todo o processo;
  • Nota fiscal de venda à ordem: trata-se de uma operação envolvendo três partes, ou seja, o emissor da nota fiscal, um vendedor e o cliente. Aqui, o produto parte do emissor da nota fiscal, passa pelo vendedor e chega ao cliente (sem que a mercadoria tenha que passar pelo endereço do vendedor);
  • Nota fiscal complementar: trata-se de um tipo de nota fiscal muito utilizado para indicar reajuste de preço, erro de cálculo de impostos ou alterações no câmbio (nos casos de exportações);
  • Nota fiscal de venda para industrialização: ao transferir um produto para que outro o processe, o requerente precisa gerar uma nota fiscal de venda para industrialização;
  • Nota fiscal de exportação: ao realizar uma transação comercial em outro país, o fornecedor precisa emitir uma nota fiscal de exportação. Neste caso, é preciso prestar atenção aos incentivos existentes para operações de vendas para outros países, que tornam o produto mais competitivo. 

Saiba mais: Como funciona retenção de impostos na nota fiscal de produtos e serviços

Qual é a importância das notas fiscais?

As notas fiscais são de extrema importância, tanto para controle da empresa quanto do consumidor, servindo de norteador para que as instituições garantam maior segurança em serviços, como controle de compra, garantia, gerenciamento de estoques e vendas, e o monitoramento das informações sobre os rendimentos de pessoas jurídicas e físicas.

Publique no DOU de forma prática e rápida pela internet

Notas fiscais, assim como tantos outros documentos, precisam ser publicados com regularidade no DOU. Por meio do Diário Oficial-e, é possível que os emissores de notas fiscais publiquem tais materiais no Diário Oficial da União, dos Estados e dos Municípios. 

Navegue pelo site para conhecer mais sobre o Diário Oficial-e.

Veja mais: O que é pregão​ – GRFGTS​ – ​O que significa despacho

Tabela CFOP

Você também pode gostar

Deixe um comentário