Entenda o que é balanço patrimonial e como ele pode ser feito

6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

Todo empreendedor precisa entender o que é balanço patrimonial, pois se trata de um dos principais relatórios de gestão de uma companhia. Ele serve para demonstrar a situação do patrimônio e finanças, além de ser obrigatório por lei.

No entanto, apesar da sua importância e necessidade para o crescimento sustentável do negócio, muitas pessoas não sabem como fazê-lo de forma adequada. Um dos motivos disso é a falta de conhecimento técnico, o que pode se tornar um grande problema para o negócio.

Pensando nisso, elaboramos este post para que você entenda os principais pontos sobre esse documento e como ele deve ser feito. Confira!

O que é balanço patrimonial?

O balanço patrimonial é um documento elaborado depois da escrituração contábil, no qual consta toda operação financeira da organização. Ele mostra a real situação econômica em termos qualitativos e quantitativos. É necessário ter muita atenção ao realizá-lo, tendo em vista que, quanto maior for o negócio, maiores as chances de cometer erros.

O intuito do balanço patrimonial é retratar todos os registros contábeis da empresa. As informações são organizadas e categorizadas em blocos, com o intuito de serem apresentadas de forma precisa para conhecimento dos gestores e auxiliar nas tomadas de decisões. Por meio dele é possível:

  • compreender os recursos disponíveis para investimentos;
  • ter uma posição patrimonial da companhia e entender todos os direitos, bens e obrigações em um certo período;
  • possibilitar a elaboração do planejamento tributário;
  • fornecer informações relevantes para os interessados;
  • visualizar a evolução do negócio para projeção de ações futuras, entre outros.

A obrigatoriedade para elaboração do balanço patrimonial é anual. Contudo, dependendo do tamanho da companhia, ele pode ser feito em intervalos mais curtos, para que os dados sejam consolidados mais facilmente no final do exercício.

Qual é a estrutura do balanço patrimonial?

O balanço patrimonial é composto por três itens. Veja quais são eles:

Ativos

Representam todos os bens da empresa. Por exemplo, direitos, valores, créditos etc. são divididos em:

  • ativo circulante: tudo que a instituição possui para realizar transações financeiras de curto prazo, como o montante em caixa ou estoque;
  • ativo não circulante: são os ativos que não estão disponíveis dentro do exercício anual, e ele engloba tudo o que é utilizado como parte da organização, ou seja, aquilo que é preciso para seu funcionamento, como máquinas, veículos, entre outros.

Passivo

É o valor de obrigações que o negócio tem que assumir. É uma conta que deve ser quitada, mas que provavelmente renderá lucros depois. É dividido em:

  • passivo circulante: são as dívidas que poderão ser pagas dentre de um ano ou menos, por exemplo, salários dos colaboradores e impostos;
  • passivo não-circulante: dívidas a longo prazo que possam trazer retorno para a empresa, como os investimentos e publicidade.

Patrimônio líquido

É o que foi aplicado no começo da instituição pelos sócios e os reinvestimentos realizados a partir dos lucros adquiridos pelo próprio negócio. Essa dívida não tem como ser executada.

Como fazer um balanço patrimonial eficaz?

Para fazer um balanço patrimonial que gere os resultados esperados, é necessário adotar algumas medidas. Conheça algumas delas.

Defina o período do balanço patrimonial

Como já foi mencionado, o documento é realizado dentro de um intervalo específico, avaliando os dados financeiros entre uma data e outra. Então, defina o tempo em que ele será feito.

Na maioria dos casos ele é desenvolvido anualmente, na busca de uma solidez e precisão na identificação de como a empresa anda, já que devido ao contexto econômico, alguns meses podem ser bons e outros ruins.

Realize o levantamento do ativo

Averigue a quantia de dinheiro que a empresa tem no caixa, independentemente dos montantes a serem pagos ou recebidos. Depois, é necessário que o gestor faça um levantamento de todas as contas a receber e some para obter o valor total dessa parte do ativo. Em seguida, some tudo que há no estoque até encontrar o resultado final.

Por meio de um sistema específico essa tarefa se torna mais fácil, tendo em vista que tudo fica registrado e organizado.

Além disso, é preciso somar a matéria-prima utilizada pela companhia para colocar sua atividade em funcionamento no mercado, os veículos que o negócio tem a sua disposição e os valores identificados em todas as somas anteriores, encontrando o ativo do estabelecimento.

Faça o levantamento do passivo

Nesse caso, realize o levantamento das despesas, gastos e tudo que deve ser pago. Primeiramente, a empresa tem que somar todos os valores pagos aos fornecedores. Para isso, será necessário somar o total de cada fornecedor e depois fazer a soma de todos os resultados encontrados.

Logo depois, deve-se fazer o levantamento do valor dos salários que precisam ser pagos aos colaboradores da companhia e demais provisões. Então some toda as quantias dessa etapa.

Realize o levantamento do patrimônio líquido

Nessa fase, o balanço patrimonial vai fazer o levantamento do patrimônio líquido da organização. Por exemplo, o capital social que retrata todo o dinheiro pertencente ao negócio e os lucros conquistados dentro do tempo de análise.

Faça a soma de todos os componentes do balanço patrimonial

Para finalizar esse processo de elaboração, é necessário fazer a soma de todos os componentes demonstrados e somados anteriormente, ou seja, ativo, passivo e patrimônio líquido.

A partir de então, a organização tem em posse todas as informações importantes para aprimorar o gerenciamento das suas finanças. Uma boa ideia é realizar o balanço patrimonial periodicamente com o intuito de tê-lo sempre atualizado.

Além de ser uma obrigação imposta por lei, esse documento e imprescindível para a avaliação da situação real em relação à saúde financeira do negócio. Ele possibilita a análise de vários pontos, como as fontes de recursos, rentabilidade, endividamento, e demais resultados que auxiliam nas tomadas de decisões mais seguras.

Conseguiu entender melhor o que é balanço patrimonial, sua importância e como fazê-lo da forma adequada? Para garantir a precisão das informações geradas, conte com o auxílio de um profissional adequado e da tecnologia como parceira .

Quer manter o balanço patrimonial da empresa em dia? Então, entre em contato com a gente e veja como podemos ajudar nesse processo.

Você também pode gostar

Deixe um comentário