Um grande desafio no exercício da advocacia é a gestão dos processos. Afinal, prazos, certidões, gerenciamento de documentos, pesquisas, relatórios e uma série de outras atividades, sejam elas internas ou junto aos órgãos públicos e clientes, tomam tempo e desgastam o advogado. Por isso, tem crescido o uso de paralegais para minimizar tais problemas.

Quer entender o que é paralegal e por que você deve contratá-lo? Veja os motivos que listamos a seguir!

O que é paralegal?

Trata-se do profissional de formação jurídica que dá suporte ao advogado nas funções paralelas — ou seja, aquelas intimamente relacionadas ao exercício da advocacia, mas que não requerem registro na Ordem dos Advogados. Apesar da preferência por bacharéis ou graduandos em Direito, já existem cursos específicos para formação de técnicos jurídicos.

Porque devo contratar esse profissional?

Entre os diversos motivos para contratar um assistente paralegal, podemos destacar:

Aumento da lucratividade

A advocacia requer muita dedicação e comprometimento. Clientes exigentes, prazos a cumprir, documentos a gerenciar, peças a elaborar, atuações a planejar, audiências a comparecer, casos a estudar, enfim, trata-se de uma área cuja rotina absorve em demasia o profissional.

Ter o auxílio de um técnico que possa centralizar todas as tarefas de apoio administrativo e operacional garante mais tempo livre aos advogados, aumentando sua capacidade produtiva. Isso permite a ampliação dos negócios, com ganhos efetivos na lucratividade do escritório.

Melhora da qualidade de vida

O paralegal, ou técnico jurídico, por ter formação acadêmica em Direito tem autonomia para desenvolver as tarefas, agregando confiança à prestação de serviços. Trabalhar com alguém em quem se confia e que possui o mesmo grau de conhecimento e comprometimento do advogado impacta positivamente na disposição desse último, reduzindo o estresse de toda a equipe.

O resultado é menos esgotamento, mais entusiasmo e melhor qualidade de vida pessoal e profissional, além de disponibilidade para outras atividades junto com a família ou projetos pessoais.

Otimização dos procedimentos

Um advogado desenvolve ações idênticas para cada um dos processos que acompanha. Imagine, então, um escritório ou departamento jurídico, com centenas, milhares de causas. É uma infindável repetição de afazeres.

A concentração das funções paralelas em um auxiliar jurídico confere a ele expertise, além de reduzir o tempo gasto nessas funções que podem ser agrupadas e realizadas de uma só empreitada. Com isso, obtém-se o aprimoramento e a otimização do procedimento que se traduz em agilidade e eficiência.

Redução de custos

A repetição exaustiva de tarefas que acabamos de mencionar representa custo para o escritório. Quando se consegue enxugar os trâmites, reduzir os passos e congregar esforços, a consequência é uma redução nas despesas da atividade, pela convergência das funções paralelas num mesmo profissional. Em tempos de crise, isso pode ser crucial para a sobrevivência do negócio.

O mercado brasileiro ainda é bastante tímido no que diz respeito ao reconhecimento desse especialista. Apesar disso, é inquestionável sua importância, pois sem ele o advogado se vê com boa parte de sua força produtiva desviada para tarefas burocráticas reiteradas, tornando-se indisponível para novos clientes, para o desenvolvimento de uma especialização ou mesmo para dedicar-se com primor aos casos que já possui.

Agora que você já sabe o que é paralegal e como sua contratação pode impulsionar o crescimento de um escritório, que tal continuar acompanhando as maiores novidades da área jurídica? Assine nossa newsletter e não perca nenhum conteúdo do blog!

Leia Também

Deixe seu comentário