DOU

Veja a importância da Gestão Financeira em lojas físicas e virtuais. Saiba também como publicar no DOU de forma segura.

O controle financeiro é uma ferramenta central e determinante em qualquer empresa, ainda que para pequenos empreendedores, instituições públicas ou até mesmo organizações sem fins lucrativos.

O motivo é simples: para qualquer loja funcionar são necessários recursos materiais, humanos e físicos, e a forma de obtê-los no mercado moderno é por meio do dinheiro.

Visto isso, é através do controle financeiro que se controla todos os recursos de um comércio.

 

Gestão financeira em lojas físicas e virtuais

Ao levar em consideração o grande número de produtos comercializados em uma loja, o varejista é obrigado a organizar uma grande quantidade de contas a receber e contas a pagar. Visto isso, todo comércio exige uma administração financeira responsável.

Em lojas de pequeno porte, como padarias, mercearias ou mercados de bairro, observa-se que muitos empresários acabam perdendo o controle de suas contas. Alguns chegam a misturar contas da loja com as contas pessoais, ou apenas acompanham o saldo do banco.

No segmento varejista, em especial, o controle financeiro mostra-se fundamental para a estabilidade do empreendimento. O saldo financeiro, ao final do mês, não demonstra com clareza a real situação da empresa, tendo em vista que há diferentes prazos para pagamento de fornecedores, estoque de produtos e recebimento de clientes.

Por exemplo, quando se trata de loja física ou virtual, é possível constatar lucro ao final do mês ainda que o dinheiro em caixa tenha diminuído. Também, é recorrente a obtenção de caixa em um mês em que a operação tenha alcançado prejuízo.

Levando em consideração a importância do controle financeiro, veja como algumas práticas simples podem fazer toda a diferença na estabilidade de uma loja física ou virtual.

Veja mais: Como escolher um gerenciador financeiro ideal para a sua empresa.

 

Documentação de todas as movimentações

O passo fundamental para gerir um bom controle financeiro é ter registro de todos os lançamentos (transações e movimentações) de tudo que entra e sai na empresa. Um sistema, como software, se faz necessário para facilitar o processo, seja um gerenciador financeiro ou um software de gestão completo.

Através de informações registradas e de seu fácil acesso, já é possível ampliar o controle e ter uma visão mais clara da situação do caixa do varejo.

 

Controle das contas a receber

Controlar o que o comércio recebe (cheques, cartões, vendas a prazo, dinheiro) é outro passo muito importante.

Para os lojistas que oferecem vendas parceladas e a prazo, esse passo, basicamente, tem como intuito combater e ter um controle sobre a inadimplência, ou seja, a falta de controle leva a prejuízo, na certa.

Para lojistas que não vendem a prazo, como é a maioria dos casos de pequenos comércios, é fundamental também ter um controle das vendas de cartão, observando de perto os valores e taxas das adquirentes.

Saiba mais: Veja como organizar as finanças da empresa.

 

Controle das contas a pagar

O controle dos débitos pendentes evita problemas desagradáveis. A ausência de planejamento obriga o lojista a adotar o desconto de cheques/duplicatas em bancos para suprir prejuízos de caixa. O valor dos juros cobrados é extremamente alto, e acaba comprometendo o lucro alcançado nas vendas.

Por isso, o controle das contas a pagar é outro passo fundamental do controle financeiro.

 

Acesse materiais e realize publicações no DOU de forma fácil e segura

Com o Diário Oficial-e é possível publicar no Diário Oficial da União de maneira correta, segura e simplificada. Navegue pelo site para saber mais sobre consultas e publicações no DOU.

Leia Também

Deixe seu comentário