Diário Oficial da União
Powered by Rock Convert

Acompanhe as principais alterações nas regras de exigência da ECD, e veja como acessar e publicar conteúdos relevantes no Diário Oficial da União.

A Instrução Normativa RFB nº 1.856, de 2018, alterou a Instrução Normativa nº 1.774, trazendo novidades com relação à Escrituração Contábil Digital (ECD).

Com as novas determinações, pessoas jurídicas tributadas com base no lucro presumido (que não mantenha livro-caixa) não são mais obrigadas a entregar a ECD, desde que não distribuam parte dos dividendos ou dos lucros sem incidência do IRRF (Imposto sobre a Renda Retido na Fonte), em valor superior ao da base de cálculo do imposto sobre a renda, subtraindo os impostos e contribuições.

Saiba mais: Receita Federal declara inaptos 34 milhões de inscritos no CNPJ.

A ECD e o projeto SPED

Um dos pontos importantes com relação às mudanças trazidas pela Receita Federal diz respeito à autenticação de livros contábeis digitais, que passará a ser comprovada por meio de recibo de entrega expedido pelo SPED (Serviço Público de Escrituração Digital).

O projeto SPED conta com a ECD como parte integrante, tendo como intuito a substituição da escrituração em papel pela transmitida via arquivo, ou seja, transmitir versões digitais de determinados livros. São eles:

  • Livro-razão e seus auxiliares (se houver);
  • Livro-diário e seus auxiliares (se houver);
  • Livro-balancetes diários, balanços e fichas de lançamento comprobatórias dos assentamentos transcritos.

Saiba mais: Conheça o Cadastro Nacional de Obras (CNO) da Receita Federal.

Principais atualizações de acordo com a Receita Federal

As modificações realizadas pela Receita Federal deverão trazer inovações legislativas no que diz respeito à Escrituração Contábil Digital (ECD).

Após a publicação da Lei nº 13.670, de 2018, se alterou o artigo 12 da lei nº 8.218, de 1991, no que concerne às multas do Serviço Público de Escrituração Digital, tornando necessária a atualização da norma para tornar compatível as sanções previstas pela nova lei.

Além disso, a nova norma também trata sobre a não-obrigatoriedade de entregar a ECD nos casos de pessoas jurídicas, tributadas pelo lucro presumido, contanto que não mantenham livro-caixa (de acordo com o que consta no parágrafo único do art. 45 da Lei nº 8.981, de 1995).

O novo regimento estabelece que pessoas jurídicas tributadas pelo lucro presumido deverão entregar à ECD, com exceção para aquelas que mantêm o livro-caixa durante o ano-calendário.

Além disso, a pessoa jurídica que tenha o livro-caixa, porém distribua parcela dos dividendos ou lucros sem presença do IRRF em valor acima do da base de cálculo do imposto sobre a renda (subtraindo os impostos e contribuições), também deverá entregar à ECD.

Mais um aspecto importante a ser considerado dentro da norma é que o texto se tornou mais claro com relação à entrega não obrigatória da ECD pelas pessoas jurídicas que não precisam apresentar a Escrituração.

Publique no Diário Oficial da União pela internet por meio de portal online especializado

O Diário Oficial-e é um portal online que fornece todas as diretrizes para quem busca realizar publicações no Diário Oficial da União, dos Estados ou dos Municípios.

Navegue pelo site para conhecer os serviços prestados pelo Diário Oficial-e, e veja como publicar no DOU.

Veja mais: Diário Oficial Fortaleza | Diário Oficial de Manaus | Diário Oficial de Salvador | DOM Fortaleza | Diário Oficial

Leia Também

Deixe seu comentário