Uma modalidade empresária para favorecer a formalização dos profissionais do Direito, com regime de tributação mais simples, a sociedade de advogados é uma alternativa para os graduados que buscam segurança financeira e a ampliação dos seus lucros.

Mas nem tudo são vantagens dentro de uma sociedade de advogados e, antes que você decida abrir seu escritório a essa modalidade, o ideal é ler nosso artigo com as vantagens e desvantagens da sociedade de advogados. Continue conosco e confira!

Vantagens de participar de uma sociedade de advogados

Não é sem motivo que tantos bacharéis em Direito optam por se associar às sociedades de advogados. Abaixo, estão os principais motivos para que tantos profissionais optem por essa modalidade. Confira!

Emissão de Nota Fiscal como Pessoa Jurídica

Ao se formalizar como uma sociedade de advogados, o profissional de Direito passa a contar com a possibilidade de emitir a nota pela prestação dos seus serviços.

Essa é uma exigência de muitos clientes, sobretudo do segmento corporativo, e motiva muitos profissionais autônomos a se formalizarem em sociedades.

Regime Tributário Simplificado

Outra grande vantagem de se associar é a tributação por meio do Simples Nacional. Enquanto advogados autônomos precisam arcar com contribuições para o INSS, Imposto de Renda e ISS municipal, as sociedades de advogados, em uma única taxa, concentram todas as suas contribuições. Taxa essa que é muito inferior à soma do autônomo em regra.

Participação nos lucros da empresa

Esse é provavelmente o maior atrativo da sociedade para advogados. Todos os associados participam da divisão de lucros da sociedade e ainda conservam seus honorários advocatícios.

Percepção de valor do serviço

Ao contratar uma sociedade, o cliente entende que está pagando um valor maior pois terá, à disposição do seu caso, a somatória de conhecimento dos advogados que compõem a sociedade. Dessa forma, você pode cobrar honorários mais altos pelo serviço.

Desvantagens da sociedade de advogados

Apesar de tudo que foi apresentado no desenvolvimento deste texto, existem grandes desvantagens em se optar pela sociedade de advogados. As principais delas são a responsabilidade pelo prejuízo da empresa e a cobrança da anuidade extra pela OAB. Entenda mais sobre os malefícios.

Anuidade extra da OAB

Se o Estado reduz a taxa para os advogados, a Ordem dos Advogados segue o caminho inverso e conta com uma cobrança extra para as sociedades de advogados.

Participação nas perdas da empresa

Não são só lucros que os associados recebem. A depender do desempenho da empresa, o advogado associado pode responder com seu patrimônio pelas dívidas da sociedade.

Em resumo, participar de uma sociedade de advogados não é garantia de estabilidade financeira, mas existe uma série de vantagens, sobretudo tributárias, em se associar a um escritório. O mais importante, em todos os casos, é realizar um planejamento consistente, avaliando todos os riscos e oportunidades do novo empreendimento.

Além disso, é fundamental que você escolha bem seu parceiro na sociedade de advogados e o ramo de atuação da nova empresa. Uma grande oportunidade, com diversos campos de atuação e mercado crescente, é a área de Direito Digital. Veja, em nosso artigo, quais as possibilidades de atuação nessa área.

Leia Também

Deixe seu comentário