O gerenciamento de estoque é uma atividade de muita importância para as empresas, visto que seus resultados impactam diretamente nos processos produtivos de outras áreas. Pensando em contribuir para a otimização da gestão em sua empresa, vamos oferecer algumas dicas que ajudam a aprimorar as atividades desse setor. Saiba quais são elas!

Registre todas as movimentações

Esse é um dos princípios básicos, mas um dos mais importantes para o gerenciamento de estoque. Por meio desse controle, é possível acompanhar o giro dos produtos, identificar quais deles têm maior saída e, principalmente, quais estão parados — ou já se tornaram obsoletos — e não precisam ser mais comprados, evitando excessos de itens e desperdício do capital de giro. 

Identifique e controle os custos

O acompanhamento dos custos operacionais é fundamental em qualquer processo. No que diz respeito ao estoque, não basta saber qual é o custo do produto, também é preciso identificar quais são os outros gastos necessários para manter as operações funcionando normalmente — isso inclui mão de obra, embalagens e aluguel de máquinas e equipamentos, por exemplo.

Ter essa informação é essencial para que o gestor identifique os excessos, oportunidades de redução e, sobretudo, para evitar que a lucratividade do negócio seja comprometida — em decorrência do alto gasto.

Controle indicadores de desempenho

Os indicadores de desempenho são um recurso que o gestor possui para acompanhar os resultados de suas operações, analisar se os objetivos foram alcançados, quais são os principais gargalos e se os recursos empregados estão sendo necessários para bater as metas.

Por meio dessa avaliação, é possível criar planos de ação mais precisos, redirecionar o planejamento e identificar pontos de melhoria, por exemplo.

Adote a filosofia de melhoria contínua

Por mais que um processo seja bem estruturado e já tenha sido melhorado, sempre há oportunidade de aprimorá-lo. A ideia por trás da melhoria contínua é revisar as atividades, de tempos em tempos, e verificar a incidência de falhas e quais são suas causas.

A partir daí, cria-se soluções que visam corrigir os problemas e as atividades são cada vez mais otimizadas.

Promova a integração entre as áreas

Como dito no início do texto, as decisões tomadas na gestão de estoque pode ter impacto direto em outras áreas. Para exemplificar melhor, podemos usar dois exemplos:

  • A falta de controle do giro dos materiais, que faz com que o setor de compras realize aquisições imprecisas, aumentando as chances do estoque ser composto com faltas e excessos de mercadorias; gerando desperdício do capital de giro, afetando, também, a área financeira;
  • Faltas de itens em estoque podem provocar perda nas vendas, comprometendo o faturamento.

Para evitar esse tipo de problema, o ideal é manter a comunicação fluida por meio da troca de informações importantes. Dessa forma, os setores atuam em sinergia, em prol de um objetivo em comum: maximizar os resultados.

Invista em um software de gerenciamento de estoque

O volume de dados e informações gerados em um dia é muito grande e conseguir manter o controle de tudo de forma manual é praticamente impossível — além de aumentar o risco de erros, extravios de informações, negligência nos registros, ou mesmo alterações indevidas. Logo, o ideal é investir em um software que automatiza as atividades, ajuda na redução de custos, garante maior agilidade na execução dos processos e deixa os dados mais seguros e confiáveis.

Além disso, muitas soluções disponíveis no mercado permitem a criação de relatórios que fornecem uma visão resumida dos resultados obtidos e ajudam o gestor a identificar problemas e a elaborar novos planejamentos.

Apesar de tratar de questões mais operacionais, o gerenciamento de estoque precisa de planejamento e análise para que alcance os melhores resultados possíveis. 

Suas dúvidas a respeito de como otimizar o gerenciamento de estoque foram esclarecidas? Deseja compartilhar alguma experiência sobre o tema? Utilize os comentários e participe da conversa!

Leia Também

Deixe seu comentário