O Novo Código de Ética publicado em 2015 trouxe uma série de restrições para profissionais que pretendem promover a advocacia pela internet.

Embora muitas dessas restrições tenham gerado questionamentos por parte dos advogados, os advogados que sabem como trabalhar bem o marketing digital na prática ainda contam com uma ferramenta potente para empreender e conquistar mais clientes.

Quer entender como promover a advocacia pela internet, ampliar sua carteira de clientes e aproveitar ao máximo dessa ferramenta sem infringir o código de ética? Então fique atento às nossas dicas!

Construa sua presença online

O primeiro passo para conquistar clientes sem ir contra o Código de Ética da OAB é construir uma boa presença online. Primeiramente, seu escritório — ou mesmo você, como profissional autônomo — deve contar com um bom site, fácil de navegar e com layout responsivo.

Também é fundamental que todas as informações presentes no seu site sejam claras, didáticas e auxiliem o cliente. Hoje, a maioria das pessoas utiliza a internet na hora de buscar por um produto ou serviço e, com a advocacia, isso não é diferente. Por isso, um site bonito e com boas informações é a primeira forma de investimento.

Em seguida, você pode explorar outros canais — como as redes sociais — para construir autoridade e atrair novos clientes. Lembre-se de usar as redes para disseminar apenas conteúdo útil, com informações que estejam na lei, com o objetivo de instruir seu cliente.

Você já sabe que a promoção e a mercantilização dos serviços advocatícios é uma prática vedada pelo Código de Ética, certo? Portanto, todo seu conteúdo precisa ser voltado à educar, ensina e explicar questões jurídicas ao seus potenciais clientes.

Marque presença em eventos e conferências online

Hoje, a prática de congressos e conferências online está cada vez mais comum. Participar desses eventos é uma excelente forma de promover seu trabalho, criar uma relação de confiança com a sua clientela e demonstrar que você realmente entende de questões jurídicas que podem resolver as demandas de seus potenciais clientes.

Esses eventos não precisam ser necessariamente da área jurídica. Muitas vezes, eventos que tratam sobre questões conexas é onde seus potenciais clientes estão.

Invista em networking

Se você nunca utilizou o LinkedIn, saiba que essa ferramenta online é uma excelente maneira de promover um network eficiente. Como a advocacia especializada é uma tendência, encontrar profissionais de áreas conexas pode ser uma excelente forma de ampliar sua carteira de clientes.

Você trabalha com Direito Tributário, mas gosta de atuar no contencioso? Que tal arrumar um parceiro da área consultiva? Da mesma forma, se você atua com Direito do Consumidor, por exemplo, e tem um colega que atua com Direito Civil, certamente muitos dos seus clientes podem ter questões jurídicas em comum. Que tal formalizar então uma parceria atribuindo um percentual de remuneração por indicação, por exemplo?

Diversas técnicas do inbound marketing, que são a principal ferramenta de estratégia no marketing digital, estão muito alinhadas com as premissas do Código de Ética. Portanto, vale a pena usar a inteligência e a criatividade. O resultado é uma agenda cheia!

E você, gostou dessas dicas? Quais são as principais estratégias que você utiliza para promover a advocacia pela internet? Compartilhe sua experiência conosco aqui nos comentários e inspire nossos leitores!

Leia Também

Deixe seu comentário