Como calcular a jornada de trabalho de um funcionário?

Como calcular a jornada de trabalho de um funcionário?
4 minutos para ler

Calcular a jornada de trabalho não é um processo complicado, mas requer atenção. Acompanhe todas as informações sobre o cálculo e o que muda para quem trabalha aos domingos e feriados. 

A jornada de trabalho é tida como o período em que o empregado exerce cargo ou função. Segundo a Constituição, o limite máximo da jornada é de 8 horas por dia, ou 44 horas por semana, ou seja, o funcionário pode trabalhar por até 8 horas consecutivas, ou menos, se assim for acordado. 

Tudo o que for trabalhado além desse limite é considerado horas extras (inclusive domingos e feriados). 

Saiba mais: Como calcular rescisão de contrato de trabalho

Mas, afinal, como calcular a jornada de trabalho?

Para realizar o cálculo, basta considerar a duração do trabalho e multiplicar pelo número de semanas. Exemplo:

– Jornada durante a semana: 8 horas x 5 dias = 40 horas;

– Jornada aos sábados: 4 horas

– Tempo de jornada de trabalho total: 44 horas semanais. 

– Tempo de jornada de trabalho mensal: (44 horas semanais x 5 semanas) 220 horas mensais.

Cálculo para saber o valor da hora trabalhada

Supondo que o colaborador receba 2 mil reais por mês, basta dividir esse valor pelas horas mensais. Portanto:

– 2.000 reais / 220 horas mensais = R$ 9,09 por hora.

Cálculo do valor da hora extra

O valor deverá ser 50% acima do da hora normal. Ou seja:

Para quem recebe 2 mil reais, a hora extra é de R$ 13,64 (ou R$ 9,09 + R$ 4,54). Sabendo o valor da hora, basta multiplicar pelo tempo de horas extras trabalhadas em um mês.

Cálculo do valor das horas trabalhadas aos domingos e feriados

As horas trabalhadas aos domingos e feriados deverão ter valor 100% superior ao normal da hora, ou seja, basta dobrar o valor do salário-hora normal. 

Com relação a quem trabalha aos domingos e feriados, Súmula 146 do TST:

“SUM-146 TRABALHO EM DOMINGOS E FERIADOS, NÃO COMPENSADO (incorporada a Orientação Jurisprudencial nº 93 da SBDI-1) – Res. 121/2003, DJ 19, 20 e 21.11.2003 O trabalho prestado em domingos e feriados, não compensado, deve ser pago em dobro, sem prejuízo da remuneração relativa ao repouso semanal.”

Outras manifestações dos Tribunais sobre o assunto são:

“DOMINGOS E FERIADOS TRABALHADOS – ADICIONAL DE 100% SOBRE AS HORAS TRABALHADAS – REFLEXOS NOS DSRS E FERIADOS FOLGADOS- ADMISSIBILIDADE – AUSÊNCIA DE BIS IN IDEM. O trabalho aos domingos e feriados gera pagamento das horas mourejadas com adicional de 100%, ou seja, de horas extras. Com efeito, havendo habitualidade, passam a integrar o valor do salário dia, e, consequentemente, devem refletir-se sobre a paga dos descansos e feriados não trabalhados, cuja base de cálculo é justamente o valor de um dia de remuneração. Processo: 1747200504202009 SP 01747-2005-042-02-00-9”

Direitos trabalhistas de quem trabalha em escala

Para quem trabalha em escala e, por isso, acaba tendo que exercer função aos domingos e feriados, é importante acompanhar o que a legislação tem a dizer. Veja o teor de Súmula 444 do TST:

“SUM-444 JORNADA DE TRABALHO. NORMA COLETIVA. LEI. ESCALA DE 12 POR 36. VALIDADE – Res. 185/2012, DEJT divulgado em 25, 26 e 27.09.2012 – republicada em decorrência do despacho proferido no processo TST-PA-504280/2012.2 – DEJT divulgado em 26.11.2012. É valida, em caráter excepcional, a jornada de doze horas de trabalho por trinta e seis de descanso, prevista em lei ou ajustada exclusivamente mediante acordo coletivo de trabalho ou convenção coletiva de trabalho, assegurada a remuneração em dobro dos feriados trabalhados. O empregado não tem direito ao pagamento de adicional referente ao labor prestado na décima primeira e décima segunda horas.”

Ou seja, ainda que o trabalhador esteja de acordo com o trabalho em escala, deverá receber valor adicional quando tiver que trabalhar aos domingos e feriados.

Acompanhe todas as notícias sobre jornada de trabalho pelo Diário Oficial 

O Diário Oficial veicula todas as notícias e informações sobre a jornada de trabalho, e o Diário Oficial-e é o portal online pelo qual você pode acompanhar tudo o que é publicado no Diário Oficial da União, dos Estados e dos Municípios. 

Pelo portal, também é possível realizar publicações de documentos, informativos, atas, editais e demais materiais de relevância. Navegue pelo site e saiba como!

Você também pode gostar

Deixe um comentário