DOU
Powered by Rock Convert

Acompanhe o papel da contabilidade para empresas e veja quando é necessário contratar um contador. 

Os empreendedores sabem o quão complicado pode ser a burocracia envolvida no sistema tributário brasileiro. 

Até mesmo as pequenas empresas precisam lidar com papelada. Por isso, surge a dúvida: quando é preciso contratar um contador?

Saiba mais: Entenda qual é o objetivo da contabilidade pública

Necessidade de contador em micro e pequenas empresas

De acordo com a lei, as micro e pequenas empresas não precisam contratar um profissional de contabilidade, e muitos empresários acreditam se tratar de um gasto desnecessário, porém essa visão é muito distorcida. 

Quem tem por objetivo contar com auxílio profissional para acompanhar e recolher impostos, pode lançar mão de uma assessoria contábil, por meio de escritório de contabilidade, e assim não ter que se preocupar com os assuntos relacionados aos tributos. 

Porém, é importante salientar que esse tipo de serviço terceirizado se responsabiliza apenas pelo cálculo, preenchimento e entrega de formulários e declarações e preenchimento de guias de impostos. São as chamadas obrigações acessórias. 

Ou seja, assuntos como planejamento tributário não são realizados pela assessoria contábil, e é preciso que a empresa contrate esse tipo de serviço de forma adicional.

Saiba mais: Conheça a diferença entre ativo e passivo na contabilidade

Vantagem de contratar um contador vai muito além dos impostos

Ainda que sejam pequenas, as empresas devem lidar com fluxo de caixa, obtenção de certidões para conseguir crédito, estoque, entre outros. Os empresários também devem efetuar o planejamento fiscal e tributário, e isso em todo e qualquer tipo de empreendimento. 

Por isso, é muito vantajoso ter um colaborador de confiança dentro da empresa.

O contador pode tratar de diversos assuntos, como certidões negativas, análise de desempenho, valorização do estoque, fluxo de caixa, formação de preço, indicadores de resultado, documentação para obtenção de crédito, planejamento tributário e análise de riscos. 

Mas, afinal, quando contratar um contador?

É sempre bom se programar com antecedência, assim não sofrerá dores de cabeça com a documentação necessária ou com o acesso a um contador de confiança. 

Saiba identificar o porquê de ter que contratar um contador e quais consequências isso pode trazer para a empresa. É preciso saber a diferença entre querer um profissional de contabilidade e precisar de um. 

No geral, o empreendedor percebe que está na hora de lançar mão de um contador quando o negócio começa a crescer e se torna quase impossível de ser gerenciado sem ajuda. 

A princípio, pode ser que o empresário contrate um contador para desempenhar funções específicas, apenas algumas horas do mês ou da semana. Com o passar do tempo e consolidação da empresa, as necessidades tendem a crescer. 

O contrato que começou com algumas horas semanais pode se tornar dias do mês. As responsabilidades crescem e o empreendedor se vê obrigado a processar a folha de pagamento e gerenciar obrigações tributárias. 

Saiba mais: Conheça como contabilidade de custos atua dentro de uma empresa.

Tenha auxílio de um profissional de contabilidade para adquirir os documentos necessários para publicar no DOU

O profissional de contabilidade pode auxiliar o empresário na hora de separar o que é preciso para publicar nos veículos de comunicação legais do país, o Diário Oficial da União (DOU), dos Estados e dos Municípios. 

Além do contador, é preciso contar com equipe de profissionais especializados em publicações no DOU. Navegue pelo site para obter maiores informações acerca de como o Diário Oficial-e pode te auxiliar.

Veja mais: O que é dissídio salarialO que é uma ataFusão empresarial

Leia Também

Deixe seu comentário