Manter as finanças da empresa devidamente organizadas é essencial para ter tranquilidade, ser mais produtivo no trabalho do dia a dia e conseguir se concentrar nas operações e decisões estratégicas do negócio.

Entre as práticas fundamentais para deixar o setor financeiro em dia estão registrar todas as entradas e saídas da empresa, acompanhar o fluxo de caixa, ter um controle de estoque eficiente, fazer compras de maneira consciente e criar uma reserva para emergências. Veja como organizar as finanças da empresa sem dificuldades:

Registre todas as entradas e saídas de caixa

O primeiro passo para organizar as finanças da empresa é registrar todas as entradas e saídas de dinheiro. É importante que mesmo as menores movimentações sejam computadas para não ter problemas com o fluxo de caixa.

Além dos valores das receitas e despesas, para um gerenciamento financeiro eficaz, é importante também colocar as respectivas categorias a que pertencem as entradas e saídas. Esse cuidado ajudará muito na hora de saber em que áreas é preciso cortar gastos e em que setores é possível fazer investimentos. 

Acompanhe o fluxo de caixa

Para organizar as finanças da empresa e manter a área em dia, não basta apenas ter o cuidado de registrar as movimentações de entradas e saídas. É preciso também acompanhar constantemente o fluxo de caixa. Estabeleça um horário diário ou, pelo menos, semanal para verificar se os pagamentos projetados foram realmente realizados, se as contas a pagar estão em dia, se é preciso cobrar algum cliente e/ou fornecedor e etc.

Ficar de olho no fluxo de caixa é um cuidado essencial para garantir que sua empresa tenha capital de giro suficiente para operar com tranquilidade e que o planejamento financeiro do negócio está no caminho certo. 

Não deixe de lado o controle de estoque

Parte importante das finanças da empresa, o estoque também deve ser gerenciado com sabedoria para, assim, não perder dinheiro com produtos parados no armazém, deixar de realizar vendas ou executar serviços porque não tem o produto necessário para a demanda/pedido.

O ideal é contar com um software específico para registrar todas as entradas e saídas de itens. Fazer o inventário constantemente é outro ponto necessário: apenas dessa forma é possível saber se o que está armazenado bate com o que está no sistema de controle. 

Faça as compras de forma consciente

Por pura desorganização financeira, muitas empresas não conseguem sair do vermelho por mais que vendam bastante e tenham boa reputação no mercado. As compras irresponsáveis são grande parte do problema. Não corra esse risco em seu negócio procurando comprar de forma consciente. Pesquise preços, peça orçamentos para diversos fornecedores e negocie os melhores prazos e formas de pagamento com os parceiros. 

Tenha uma reserva para gastos emergenciais

Gastos que não foram previstos acontecem a todo momento. É um imposto com o qual você não contava, uma fatura de fornecedor que precisa ser paga com urgência, um equipamento que quebra e precisa ser consertado… Para lidar com essas despesas que não foram previstas, ter um fundo para emergências é cuidado essencial. Tenha guardada uma quantia equivalente a, pelo menos, três meses de gastos mensais do negócio.

Siga nossas dicas e veja que organizar as finanças da empresa ficará muito fácil!

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas suas redes sociais.

Leia Também

Deixe seu comentário